Gêmeos siameses são internados para cirurgia de separação no Materno Infantil

Arthur e Heitor são unidos pelo tórax, bacia e abdômen e devem passar pelo procedimento na próxima terça-feira (24)

Nascidos em 2009, Arthur e Heitor passam por cirurgia de separação na próxima semana | Foto: Shysuo Araki/ Assessoria de Comunicação HMI

Nascidos em 2009, Arthur e Heitor passam por cirurgia de separação na próxima semana | Foto: Shysuo Araki

Com cinco anos de idade, os gêmeos siameses Arthur e Heitor Brandão vão ser internados na manhã do próximo sábado (21/2) no Hospital Materno Infantil (HMI) – mesmo hospital em que nasceram – para iniciarem os procedimentos de preparação para a cirurgia de separação que vai ocorrer na próxima terça-feira (24).

A equipe médica do HMI vai monitorar os gêmeos até a data da cirurgia que é considerada de grande porte. Os meninos são unidos pelo tórax, bacia e abdômen e compartilham fígado, intestino, bexiga e genitália. Além do cirurgião pediátrico Zacharias Calil, que acompanha o caso desde o nascimento das crianças, a operação deve envolver aproximadamente 60 profissionais.

Os pais de Arthur e Heitor, Eliana Rocha e Delson Brandão, moram em Riacho de Santana (BA) e vieram para Goiás assim que souberam que teriam gêmeos siameses. A mãe ficou, então, na Casa do Interior e deu à luz no HMI no dia 8 de abril de 2009.

Para Calil, a cirurgia será uma das mais complicadas já feitas na unidade. “O procedimento é de altíssima complexidade, mas temos toda a estrutura necessária para sua realização, além de contarmos com uma equipe muito experiente para auxiliar nessa etapa importante da vida dos meninos”, destacou.

A cirurgia pode durar até 14 horas e envolve 15 médicos. Eliana Rocha está confiante no procedimento. “É uma cirurgia complicada, nos sabemos, mas acredito muito na minha vitória”, pontuou.

Desde que nasceram, Arthur e Heitor foram submetidos a sete cirurgias para a colocação de expansores (bolsas de silicone) indispensáveis para a cirurgia de separação. O último procedimento foi realizado em setembro do ano passado e a expectativa de toda a equipe médica é de que os gêmeos reajam bem à separação.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Estado de Goiás

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Almanaque DO Roberto Roberto C