Freira brasileira será proclamada santa pelo Vaticano

Canonização ocorre após Irmã Dulce ter seu segundo milagre reconhecido pela instância máxima da igreja católica

O Papa Francisco assinou, na segunda-feira, 13, um decreto que reconhece o segundo milagre atribuído a Irmã Dulce — freira que viveu na Bahia durante toda a vida. Após o reconhecimento, Irmã Dulce será proclamada santa, ela já havia sido beatificada em 22 de maio de 2011.

A freira morreu em 1992 e o processo para o reconhecimento da santidade foi iniciado ainda nos anos 2000, quando o papa Bento XVI reconheceu a concessão do título de Venerável à Dulce. A partir do título a igreja reconheceu que a freira vivera, em grau heroico, as virtudes cristãs pela fé, esperança e caridade.

Em outubro de 2010, a freira teve seu primeiro milagre atestado, cumprindo a última etapa para o processo de beatificação. Com o reconhecimento do segundo milagre, Dulce será canonizada durante uma celebração solene de canonizações, conforme informa o site “Vatican News”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.