Flávia Morais deve abrir mão da reeleição para marido disputar mandato de deputado

Pedetista revelou ao Jornal Opção que ex-prefeito de Trindade, que não é mais “ficha suja”, será o nome do partido em 2018 para Câmara Federal

Flávia e George Morais: mudança para a eleição de 2018

Está praticamente decidido: a deputada federal Flávia Morais (PDT) não será candidata à reeleição em 2018.

Uma das mais bem votadas no último pleito, ela deve abrir mão da candidatura para o marido, o ex-prefeito de Trindade Dr. George Morais. A informação foi confirmada ao Jornal Opção por um integrante da sigla em Goiás.

O casal, que controla o partido no Estado, está articulando pesado nos bastidores e tenta emplacar Flávia Morais na vice de um dos três postulantes ao governo. Apesar de na base do governador Marconi Perillo (PSDB), o PDT pode compor com o senador Ronaldo Caiado (DEM).

Uma eventual aliança com o MDB de Daniel Vilela seria mais complexa. Não por restrição ao jovem também deputado federal, mas pela relação litigiosa entre o casal Morais e o MDB de Trindade. Os irmãos emedebistas Nélio e Ricardo Fortunato não aceitam a aliança de jeito nenhum.

Ressalte-se que Dr. George Morais não é mais ficha suja: anda com uma certidão emitida pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-GO) a tiracolo para todos aqueles que o questionam sobre a condenação por improbidade administrativa nos idos de 2012.

2 respostas para “Flávia Morais deve abrir mão da reeleição para marido disputar mandato de deputado”

  1. Avatar Fabiano Oliveira disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk……aí não ganha nem um, nem outro !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.