Finlândia pode suspender importação de carne brasileira após incêndios na Amazônia

Comunicado do Ministério das Finanças da Finlândia sugere revisão quanto às importações de carne bovina brasileira

Foto: EOSDIS / NASA

O aumento desenfreado das queimadas na Amazônia assola tanto o governo brasileiro quanto autoridades de outros países. A Finlândia, por exemplo, se pronunciou sobre o assunto via comunicado expedido pelo Ministério das Finanças. Nele, foi sugerido uma revisão quanto às importações de carne bovina brasileira. O comunicado diz ainda que o ministro de Finanças Mika Lintila condena a destruição da floresta.

Conforme mostrado pelo Jornal Opção, pesquisadores da Nasa, responsáveis pelo monitoramento de focos de queimadas em todo o planeta, afirmaram que o desmatamento tem aumentado e que as queimadas costumam seguir o rastro deste problema. “Quanto mais derrubada, maior o numero de focos de calor”, explicam.

Pelo Twitter, o presidente da França, Emmanuel Macron, também se posicionou sobre as queimadas na Amazônia, classificando o problema como uma “crise internacional” e pedindo que os líderes do G7 tratem urgentemente do tema.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, também afirmou nesta quinta-feira que está “profundamente preocupado” com os incêndios na Floresta Amazônica.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.