Festival Gastronômico de Caldas Novas tem início nesta quinta (3/11) com extensa programação

3ª edição do evento será realizada no Casarão dos Gonzaga e contará com aulas, oficinas e atrações musicais 

Montagem das barracas do Festival Gastronômico de Caldas Novas | Foto: divulgação

Montagem das barracas do Festival Gastronômico de Caldas Novas | Foto: divulgação

Aulas show, oficinas, ação com as crianças e apresentações musicais estão na programação do III Festival Gastronômico de Caldas Novas, que será realizado de 3 a 6 de novembro, no Casarão dos Gonzaga. A proposta é levar o melhor da tradicional culinária goiana aos turistas e moradores da cidade.

O evento faz parte do Circuito Gastronômico de Goiás, coordenado pela Goiás Turismo, em parceria com o Sebrae, Senac, prefeitura e entidades do trade turístico goiano. Nesta temporada, o destaque é para um dos mais tradicionais temperos da culinária goiana, o açafrão, que dá um toque especial em pratos elaborados com arroz e um tipo de carne. Pelo menos um destes três ingredientes-tema deve ser utilizado tanto em pratos salgados quanto doces, resultando em deliciosas e surpreendentes iguarias.

Com o tema “sustentabilidade”, a temporada do Circuito Gastronômico 2016 trabalha características e costumes das cidades onde são realizados os festivais, com foco no alimento desde o campo até o prato.

Segundo a organização, são realizadas ações buscando o envolvimento da cadeia produtiva da gastronomia, com comparticipação e valorização de todos os agentes possíveis, do produtor rural aos profissionais e empresários do ramo de alimentação. Já foram realizados os festivais gastronômicos da Cidade de Goiás e de Pirenópolis. O próximo será em Goiânia, do dia 1° ao dia 4 de dezembro.

A Vila Gastronômica (Casarão dos Gonzaga) terá atrações como a chef do ano e personalidade gastronômica, Tereza Paim; o jurado da Copa do Mundo de Confeitaria, Dario Vianna; o ex-chef do Itamaraty, André Rabelo; a especialista em gastronomia funcional, Stella Romanholli; o especialista em Frutos do Cerrado, Carlos Pinheiro, a pesquisadora de alimentação saudável, Lilian Matos; o escritor Márcio Zago, o gestor de Negócios Sociais em Alimentação, Luiz Camargo; Roberto Raviolli, considerado um dos mais importantes defensores da cozinha italiana de raízes no Brasil e o irreverente pesquisador do folclore brasileiro, João Barreto (Cumpade João).

Ação Kids
Um dos destaques do festival é a Ação Kids, um convite à diversão para as crianças, sob o comando da chef Lorena Caixeta. A Ação Kids será realizada na sexta-feira e no sábado, das 15 às 18 horas. O chocolate é a grande estrela entre os ingredientes utilizados na fabricação de doces e biscoitos.

Arquiteta e paisagista, a ex-professora traz a experiência do magistério para arte de bem cozinhar, apresentando a cozinha prática. Ela faz sucesso no Atelier de Cozinha da Nena-Gastronomia e Alta Cozinha e apresenta um desafio para a criança: “Venha conhecer o lado bom de ser um mini chef na sua casa. Seus amigos e familiares vão ficar encantados com seus pratos, que serão as estrelas das suas criações”.

Programação

A abertura do III Festival Gastronômico de Caldas Novas, na quinta-feira, 3, às 19 horas, será feita pelo presidente da Goiás Turismo, Leandro Garcia, pelo prefeito, Evandro Magal (PP), por representantes dos parceiros Sebrae e Senac e pelo chef Carlos Pinheiro, com a palestra Frutos do Cerrado na Gastronomia dos Hotéis. Carlos Pinheiro é um dos mais reconhecidos profissionais da área de gastronomia na região Caldas Novas. Ele é chef-executivo do setor de gastronomia do Grupo Di Roma em Caldas Novas e trabalhou, por mais de 20 anos, na Companhia Thermas do Rio Quente, atuando como chef de cozinha, com especialidade em eventos.

Às 21 horas, um show com a dupla goiana Guilherme e Santiago vai abrir a programação musical do III Festival Gastronômico de Caldas Novas.

Sexta-feira
Na sexta-feira, o Festival começa às 14 horas, com a chef Lilian Matos, que vai abordar o tema “Mitos e Verdades Sobre a Alimentação Saudável”. Às 15h30, o espaço será dedicado ao talento UEG, com alunos do curso de Gastronomia da Universidade Estadual de Goiás, em Caldas Novas. Às 17 horas, aula show com o irreverente chef paraibano, Cumpade João, com o tema “Sangue Branco – Fonte Inesgotável de Vida”. Pesquisador do folclore e profundo conhecedor da cozinha de raiz do Nordeste brasileiro, João Barreto vai apresentar o ritual do leite ferrado, uma receita da medicina alternativa, muito utilizada por nossos ancestrais.

Às 18h30, o chef Luiz Eduardo Camargo dará aula show sobre o tema: “Ideias, Negócios e Empreendedorismo Social na Alimentação”. Ele é consultor e gestor de negócios sociais em alimentação, profissional de marketing, cozinheiro, diretor do Grupo Pesto e Gestor Social do Grupo ATA, que visa incentivar o uso de ingredientes naturais pouco conhecidos em prol de uma culinária mais saudável para quem faz, para quem come e para quem produz alimentos.
Às 21 horas, show musical com a dupla goiana Eddy & Bruno, e às 22 horas, o espetáculo fica por conta da banda Liga Joe.

Sábado
No sábado, às 14 horas, o chef André Rabelo, vai ressaltar o toque do tempero brasileiro, tradicional na culinária goiana e mineira, na sofisticada cozinha internacional. Formado pela Escola de Cozinha Internacional do Grande Hotel, em Águas de São Pedro, em São Paulo, André construiu sua carreira nos principais restaurantes de Brasília, atuou como chef no Ministério das Relações Exteriores do Brasil (Itamaraty). Realiza oficinas gastronômicas pelo Brasil, divulgando técnicas, pratos diversificados, dicas e cortes especiais da carne suína, com o intuito de desmitificar o seu consumo.

Às 15h30, a chef Stella Romanholli, apresenta o tema “No tacho ou no Fogão?” Todas as Falácias do Açafrão. Especialista em Gastronomia Funcional e Naturologia, Stella é adepta do movimento Slow Food, que trabalha o ato de cozinhar com detalhes, nas junções de sabores sadios. Ela busca atender os mais exigentes paladares gourmet, pessoas que valorizam a saúde, a praticidade e o prazer na alimentação.

Às 17 horas, o consagrado chef Dario Vianna, um dos maiores especialistas em panificação e confeitaria do Brasil, apresentará aula show sobre composição de morango e coco, utilizando técnica de silk screen com cacau em pó. Dario Vianna foi jurado na Copa do Mundo de Confeitaria, realizada na França e participou de grandes feiras internacionais como a Europain e o Salão do Chocolate.

Em seguida, às 18h30, o chefe Roberto Raviolli vai ensinar a receita da tradicional Porchetta – carne de porco assada à Italiana. Considerado um dos importantes defensores da cozinha italiana de raízes no Brasil, o chef de cozinha e restauranteur, Roberto Raviolli é um ícone da gastronomia paulista. Fazendo parte da Federacione Italiana Cuochi, Raviolli traz a inspiração Toscana dos avós, com quem aprendeu, ainda criança a saborear e fazer pratos típicos do Norte da Itália, para sua rica e criativa cozinha.

Às 21 horas, as tradições e valores dos goianos serão retratados em um show com a cantora Maria Eugênia. A partir das 22 horas, o espetáculo será comandando pelo cantor e compositor brasiliense, Keiton Moog.

Domingo
No domingo, às 9 horas, tem cozinha show com o chef Cleber Rodrigues Sena. Às 10h30, o chef Márcio Zago apresentará o tema “Saberes e Sabores de Goiás: Uma Nova Visão da Gastronomia Regional”. Márcio é gastrônomo, mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos e autor do livro “Alimentação Saudável na Culinária Regional”.

O III Festival Gastronômico de Caldas Novas será encerrado pela chef baiana Tereza Paim, eleita duas vezes como chef do ano e personalidade gastronômica pela Revista Veja. É presença constante nos maiores festivais gastronômicos do Brasil, sendo reconhecida pelo trabalho em importantes projetos, como a reestruturação do mais antigo restaurante de Salvador e pelo engajamento em ações sociais e ambientais.

É chef-proprietária do restaurante Terreiro Bahia, na Praia do Forte, único com selo verde do Brasil, considerado pelo Guia Quatro Rodas como melhor comida da região e único integrante da Bahia, da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança. É também proprietária da Casa de Tereza, Arte, Cultura e Gastronomia, espaço premiado, indicado pela Gula como o melhor restaurante brasileiro.

Deixe um comentário