Exposição fotográfica sobre a saga do ouro em Goiás é destaque no Festival de Folcore de Pirenópolis

A proposta foi explorar as principais cidades da saga do ouro no Estado. Estão entre elas a antiga capital, Cidade de Goiás, Jaraguá, Pirenópolis e Corumbá

Essa e outras fotos fazem parte da exposição no Festival de Folclore de Pirenópolis|Foto: Eliane de Castro

Essa e outras fotos fazem parte da exposição no Festival de Folclore de Pirenópolis|Foto: Eliane de Castro

Quatro grandes nomes da fotografia goiana se reúnem na cidade de Pirenópolis, em Goiás, para uma exposição sobre o ciclo do ouro. Cidinha Coutinho, Eliane de Castro, Rosa Berardo e Rosary Esteves apresentarão a mostra durante a programação do Festival Internacional de Folclore e Artes Tradicionais a partir do dia 27 de setembro.

A proposta foi explorar as principais cidades da saga do ouro no Estado. Estão entre elas a antiga capital, cidade de Goiás, Jaraguá, Pirenópolis e Corumbá. As fotos e desenhos selecionados para a exposição são de acervo particulares que ilustram esse momento da história entre os séculos XVIII, XIX, e XX.

Em entrevista ao Jornal Opção Online, Eliane Castro descreveu os detalhes da exposição. “São 32 fotos, sendo 16 de séculos passados de acervos particulares e outras 16 de nós quatro. Todas estão acompanhadas de fragmentos de escritores renomados, a maioria goianos”, disse.

Eliane começou a fotografar ainda criança com duas Olympus de seu pai, que carregava por onde ia. “Optei pelo curso de fotografia da Universidade Católica e parti para um estúdio onde retratei uma legião de jovens de 15 anos, crianças e grávidas, além de família”, afirma a fotógrafa sobre o começo de sua carreira.

Documentário

Eliane participa da direção de fotografia de outro destaque na programação do Festival. O pré-lançamento do documentário “O Divino e a sua Corte”, também produzido por Gisela Maria,  tem como tema a Festa do Divino de Pirenópolis. O lançamento acontece no dia 27 de agosto às 14h, no Cine Pireneus. Com o documentário, as produtores pretendem apresentar ao público o rico folclore de Goiás nas mostras e festivais de cinema do Brasil e do exterior.

Deixe um comentário