Jornal Opção checou a veracidade dos dados informados pela deputada federal e presidente nacional do PT

Francisco Costa

Gleisi Hoffman | Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

“O PIB brasileiro, nos governos do PT, teve expansão média de 3,26% de 2009-2013 e de 4,82% entre 2004 e 2008. Considerando-se os últimos anos a média anual de variação do PIB foi negativa em 0,83%. E aí @jairbolsonaro, ainda vai dizer que o PT quebrou o Brasil?!”, Gleisi Hoffman

Verdade, mas…

Gleisi Hoffman, deputada federal e presidente nacional do PT, publicou a frase acima em sua conta do Twitter. Se destrincharmos ano a ano é possível verificar os seguintes dados: 2009 (-0,13%); 2010 (7,53%); 2011 (3,97%), 2012 (1,92%), 2013 (3,00%), com média de cerca de 3,2%. Já as outras datas citadas foram: 2004 (5,76%), 2005 (3,20%), 2006 (3,96%), 2007 (6,07%), 2008 (5,09%). A média, como dito pela congressista, é de aproximadamente 4,8%.

Da mesma forma, os demais anos citados dão média de -0,82%. O Produto Interno Bruto (PIB) deles foram: 2014 (0,5%), 2015 (-3,5%), 2016 (-3,3%), 2017 (1,1%), 2018 (1,1%).

“Mas”

Vale destacar que, em sua fala, Hoffman não citou 2003, que apresentou PIB de 1,14%, e também fez parte do governo petista, e nem incluiu 2014 e 2015 no balanço, anos em que a presidente Dilmou Rousseff (PT) ainda ocupava o cargo. Ressalta-se que ela foi afastada em maio (por 180 dias) e impedida (sofreu impeachment) em 31 de agosto de 2016.

PIB
2003: 1,1%
2004: 5,7%
2005: 3,2%
2006: 3,9%
2007: 6,0%
2008: 5,0%
2009: -0,1%
2010: 7,5%
2011: 3,9%
2012: 1,9%
2013: 3,0%
2014: 0,5%
2015: -3,5%
2016: -3,3%
2017: 1,1%
2018: 1,1%