Fábrica de cimento em Edealina vai abastecer MG e SP

Expectativa é a de que a Votorantim passe a operar ainda em 2015. Empresa está presente em 13 países, além do Brasil

José Eliton e Ana Carla Abrão visitam fábrica em Edealina | Marcos Prado/Divulgação

José Eliton (dir) e Ana Carla Abrão visitam fábrica em Edealina | Marcos Prado/Divulgação

A nova fábrica da Votorantim, em Edealina, a 150 quilômetros de Goiânia, terá capacidade para produzir dois milhões de toneladas de cimento por ano. Cerca de 600 empregos diretos e indiretos serão gerados com a novo centro.

A expectativa é que a operação possa ter início ainda em 2015. Além do mercado goiano, a nova fábrica irá abastecer também o Triângulo Mineiro e regiões Norte e Noroeste do Estado de São Paulo.

Na terça-feira (27), o governador em exercício, José Eliton (PSDB), visitou o canteiro de obras acompanhado da secretária da Fazenda (Sefaz), Ana Carla Abrão Costa, e do secretário de Articulação Política, Sérgio Cardoso.

O gerente geral de Projetos da Votorantim, Olavo Kaehler, destacou a parceria com o governo estadual. “Essencial para a viabilidade da operação”, disse. Ele também informou que a fábrica está praticamente pronta para iniciar a operação, faltando pequenas obras de infraestrutura previstas para as próximas semanas.

A empresa está presente em países como Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, China, Espanha, Estados Unidos, Índia, Marrocos, Peru, Tunísia, Turquia e Uruguai.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.