Fábio de Melo cita depressão ao sair do Twitter após sofrer ataque

Religioso foi alvo de críticas após se posicionar contra a saída de Alexandre Nardoni da prisão para o período do Dia dos Pais

Padre Fábio de Melo e o post polêmico

Uma das maiores celebridades brasileiras nas redes sociais, com 6,9 milhões de seguidores, o padre Fábio de Melo anunciou na manhã desta sexta-feira, 9, que está deixando o microblog – ao menos temporariamente. Melo tomou a decisão após sofrer ataques na quinta-feira, 8, após manifestar indignação com a “saidinha” de presos para o Dia dos Pais. A crítica do religioso foi sobre a liberação de Alexandre Nardoni, que está preso desde 2008 em Tremenbé, onde cumpre pena de 30 anos pelo assassinato da filha, Isabela.

No post que deu início aos ataque, Fábio de Melo diz que, apesar de não entender de leis, a saidinha deveria ser concedida apenas no dia de finados, para que os condenados pudessem visitar “os túmulos de suas vítimas”.  A mensagem teve 28,2 mil compartilhamentos e 113 mil curtidas.

Apoio e críticas

Algumas interações foram de apoio à posição do padre. “Enfim um tuíte para dar RT com gosto”, escreveu o perfil @xarlynhu. Outros criticaram o religioso com ponderação. “As saidinhas são parte de um calendário de retorno à vida social. A prisão não é lugar eterno”, comentou a professora de Direito Débora Diniz (@Debora_D_Diniz).

O seguidor @claudinhopero ironizou a publicação do padre. “Não entendo nada de Bíblia, mas não tinha lá alguma coisa sobre perdão?”. “Eita, padre, votou no Bozo?”, perguntou @marylarys. “Não entendo de leis, mas parece que de Bíblia também não”, emendou o jornalista Emílio Moreno.

O tom dos comentários subiu à medida que o post ganhou popularidade no Twitter. Segundo Fábio de Melo, houve quem o chamasse de justiceiro, desonesto, desinformado e canalha. Ao justificar a saída do microblog, o padre alegou que o fazia para preservar a saúde. “Sei o quanto já provei a solidão provocada pela depressão, pelo pânico. Tomar remédios só faz sentido quando evitamos os gatilhos dos desconfortos. Este lugar deixou de ser saudável para mim”.

As mensagens de despedida do padre

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.