Excluídos da Feira da Madrugada protestam na 44

Vendedores não foram selecionados para atuarem no novo espaço, que deveria ter sido inaugurado no mês passado. Trânsito na região foi bloqueado

Um novo protesto organizado por comerciantes da Rua 44 interditou o trânsito na região no início da manhã desta quinta-feira (9/10), na região central de Goiânia. A reclamação é por conta dos 100 feirantes não inseridos na Feira da Madrugada, realizada nas terças e quartas-feiras.

Insatisfeitos com o que classificaram como “falta de diálogo” com a Prefeitura de Goiânia para resolver o impasse, eles bloquearam a via e atearam fogo em pneus. O protesto ocorreu entre 6h30 e 7h30. Os feirantes relataram que caso haja novo impedimento da atuação deles na região, um novo ato será promovido ainda nesta tarde.

A manifestação veio após dois dias dos vendedores da Feira Hippie pedirem pelo fim da Feira da Madrugada. O grupo alega que a feira recém-criada prejudica o comércio da tradicional Feira Hippie, que acontece aos sábados.

A Feira da Madrugada foi a solução encontrada pela Prefeitura de Goiânia para tentar solucionar o problema dos ambulantes que trabalhavam na Rua 44 de forma ilegal. O novo local deveria ter sido inaugurado no mês de setembro. No entanto, a gestão municipal adiou a abertura alegando “falta de segurança” para comerciantes e frequentadores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.