Ex-secretário municipal de Educação de Sítio D’Abadia é considerado foragido por estupro de vulnerável

O homem também já atuou como professor da rede estadual e chegou a se relacionar amorosa e sexualmente com duas jovens menores de 14 anos de idade

Polícia Civil do Estado de Goiás indiciou ex-secretário municipal de Educação de Sítio D’Abadia por estupro de vulnerável. | Foto: Polícia Civil do Estado de Goiás.

A Polícia Civil de Goiás indiciou o ex-Secretário Municipal de Educação de Sítio D’Abadia e ex-professor da rede estadual de ensino, pela prática dos crimes de estupro de vulnerável, pornografia infantojuvenil e aliciamento de menores para fins libidinosos. 

As investigações foram iniciadas depois que algumas pessoas e o Conselho Tutelar do município em questão formalizaram denúncias contra o indivíduo. Assim que as primeiras evidências da prática de crime foram obtidas, foi realizada a busca e apreensão dos celulares e notebook do acusado, na tentativa de que mais provas pudessem ser obtidas. As vítimas do homem também foram ouvidas pela polícia.

O notebook do acusado foi apreendido pela Polícia Civil. | Foto: Polícia Civil do Estado de Goiás.

Ele teria chegado a se envolver amorosa e sexualmente com pelo menos duas meninas menores de 14 anos de idade. Análises feitas em aparelhos eletrônicos do acusado confirmaram que ele possuía  fotos íntimas de adolescentes. A prisão preventiva do ex-secretário foi decretada, mas ele está foragido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.