Ex-prefeito de Planaltina é condenado por dispensa de licitações

Alexon Luiz beneficiou, em diversas ocasiões, duas empresas de parentes dele e de sua esposa. Justiça determinou detenção por quatro anos e quatro meses

Foto: Divulgação

Denúncia partiu do Ministério Público | Foto: Divulgação

O ex-prefeito de Planaltina, Alexon Luiz Santos (PSDB), foi condenado pela Justiça a quatro anos e quatro meses de detenção por dispensar licitações ilegalmente em várias ocasiões e dos mesmos contratados: empresas da família do tucano. Ele também terá que pagar 153 dias-multa, cada um equivalente a um trigésimo do salário mínimo vigente ao tempo da infração.

| Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Segundo a denúncia do Ministério Público, as compras de bens e serviços tinham valor inferior ao mínimo exigido para que possa haver a dispensa. O órgão aponta ainda que as empresas contratadas, L&Z Editora e Comercial de Tintas Goiás Ltda., eram de parentes do ex-prefeito e da primeira-dama.

“O ex-prefeito autorizou as repetidas contratações, tentando conferir a elas ares de legalidade nos atos de dispensa de licitação, porque o preterimento da licitação o permitia eleger empresas pertencentes a pessoas de seu círculo parental que, portanto, eram favorecidas”, diz o promotor Rafael Simonetti.

*Com informações do MPGO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.