Ex-morador de rua é flagrado dirigindo Porsche conversível avaliado em mais de R$ 500 mil

Após curtir o Carnaval do Rio de Janeiro em um camarote na Sapucaí, a nova estrela da internet ostentou pelas ruas da cidade

Ex-morador de rua surpreendido em ato sexual com uma mulher casada em situação de vulnerabilidade mental, Givaldo Alves de Souza, 48 anos, tornou-se mais uma sub-celebridade das redes sociais. Ele foi visto no camarote do Carnaval do Rio de Janeiro e depois flagrado dirigindo um carro de luxo.

Givaldo, que chegou a protagonizar anúncios publicitários de agências de criptomoedas, foi fotografado em um Porsche conversível avaliado em mais de R$ 500 mil na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Antes de ter sua conta banida pelo Instagram, Givaldo acumulava mais de 400 mil seguidores. Seus advogados afirmam preparar uma ação judicial contra a rede social.

Ele se tornou influenciador e tem ostentado com direito a passeio de helicóptero e camarote no Carnaval do Rio de Janeiro. Givaldo foi criticado por ter ido a um dos camarotes da Sapucaí. O ex-morador de rua tem trocado farpas com a advogada e DJ Deolane Bezerra nas redes sociais.

Além disso, o ex-morador de rua ganhou um apartamento na Barra da Tijuca, de frente para o mar, no Rio de Janeiro, do youtuber Diego Aguiar.

O influenciador digital ainda afirmou que vai passar seus ensinamentos ao ex-morador de rua como uma forma de lhe garantir uma “segunda chance na vida”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.