Estudante do Piauí denuncia que já sabia tema da redação antes da prova do Enem

Jomásio Barros utilizou o Facebook para divulgar imagem que contém capa do caderno de redação. Ele confirma que entregou celular à PF, que investiga o caso

*Atualizada às 15h29

Um estudante do Piauí utilizou as redes sociais para divulgar suposta fraude no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014, aplicado no último fim de semana. Apesar do jovem ter publicado no Facebook uma imagem contendo a capa do caderno de Redação logo após deixar o local de prova, o caso só tomou notoriedade nesta quinta-feira (13/11), quando o programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo, reproduziu reportagem veiculada na afiliada Rede Clube, do Piauí, na quarta (12).

Foto: reprodução / Facebook

Foto: reprodução / Facebook

Em sua página, Jomásio Barros, que mora em Picos, no interior do Estado, postou a imagem acima, a qual mostraria que ele teria recebido, via Whatsapp, o tema da redação deste ano. É possível ver que a informação teria chegado a ele às 10h47 do domingo (9/11), algumas horas antes da abertura oficial dos pacotes de provas. “E agora???????? Como um exame à nível nacional pode ser totalmente seguro e confiável se o tema da proposta de redação já tinha chegado até em mim….”, escreveu ele.

Nos comentários, é possível ver pessoas questionando a veracidade da informação. “Quando eu recebi a mídia. Nem dei importância.desconsiderei por achar que era fake [falso]” (sic), relatou Jomásio, que continua: “Mas quando recebi o caderno de questões e vi que era o mesmo. Fiquei com odio. Tanto que mal fiz a prova. Esperei o tempo mínimo e fui para casa” (sic). Em outro post, é possível ler o jovem contando que não foi só ele que recebeu a foto: “sim, a imagem foi enviada para um grupo que participo com mais 40 pessoas” (sic).

De acordo com a reportagem Rede Clube, ele prestou queixa na Polícia Federal e se disse “indignado” com o caso. No entanto, o Jornal Opção Online entrou em contato com a assessoria da Superintendência Regional da PF do Piauí, que não confirmou o caso. “No momento, a comunicação não tem nenhuma informação para repassar à imprensa”, relataram.

Ainda via Facebook, o estudante confirmou que o celular no qual ele recebeu a suposta foto está em poder da PF. “Meu celular foi apreendido pela PF como prova do crime. Ou seja, estou sem celular até amanhã. Quem quiser falar comigo pode ser por facebook ou no meu WhatsApp da Tim”, escreveu Jomásio na tarde da última quarta-feira (12/11).

Foto: reprodução / Facebook

Foto: reprodução / Facebook

Ele gravou, ainda, um vídeo que foi disponibilizado por outras pessoas no YouTube, no qual Jomásio aparece abrindo o saco lacrado oferecido pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe) para guardar objetos pessoais durante a prova. “Fiquei muito surpreso ao ver o tema da Redação. Está aqui esta mídia recebida, às 10h47. Quer dizer que várias pessoas, como eu, receberam o tema da Redação do Enem. E aí, como fica?”, questiona ele.

Veja o vídeo:

Atualização: A Polícia Federal divulgou nota afirmando que instaurou inquérito policial nesta quinta-feira (13/11) para apurar a veracidade da denúncia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jordane Barbosa

“Por um minuto de fama” – Foda-se quem se dedicou um ano inteiro se preparando para o ENEM.
E outra, vocês acham mesmo que esse rapaz realmente ficou indignado ao ver o tema da redação e ao constatar que era uma fraude, o impulsionou a não fazer o resto da prova? Por favor né? No mínimo, viu que a prova não estava tão fácil como ele pensava e decidiu vazar e fazer esse alarde todo…