Estatais de Infraestrutura começam processo de fusão

Unificação de duas empresas estatais vai gerar menos custos para o Tesouro Nacional

Ministério da Infraestrutura
Foto: Kléber Lima/ Minfra

A Empresa de Planejamento e Logística (EPL) e a Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A, duas empresas estatais, entraram em processo de unificação. O Ministério da Infraestrutura (Minfra) anunciou ontem, 19, a fusão das empresas, que darão origem à Infra S.A.

A nova instituição irá acumular as funções advindas de ambas as estatais e os funcionários serão incorporados à nova empresa. A EPL era a responsável pelos estudos técnicos para concessões de transportes. Já a Valec administrava as ferrovias brasileiras. O secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio argumentou que a fusão das empresas vai “aumentar a produtividade e ampliar a eficiência na estruturação de projetos de infraestrutura”.

“[A unificação] fará o Minfra deixar de ter duas empresas dependentes do Tesouro Nacional e que apresentam prejuízo acumulado para o surgimento de uma nova, que vai reduzir custos de funcionamento, ser autossuficiente e competitiva” aponta o secretário.

O plano de fusão das estatais deverá ser apresentado em um prazo de até 90 dias. A previsão é de que até até julho do ano que vem o processo termine. Durante o prazo inicial, consultores apresentarão os resultados do modelo de funcionamento da Infra S.A., com padrões para a governança do projeto e o alinhamento estratégico com os principais executivos das empresas.

Ainda segundo o Minfra, serão feitas consultas trimestrais para acompanhar o desenvolvimento e andamento da nova estatal. Esta será a primeira investida do governo federal em fusão de estatais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.