Engenheiro da Saneago é encontrado morto em Goiânia. Há indícios de suicídio

Claudionor Francisco Guimarães Filho era supervisor de Qualidade e foi alvo da Operação Decantação, que apura desvios na estatal

O engenheiro sanitarista Claudionor Francisco Guimarães Filho, supervisor de Qualidade da Saneago, foi encontrado morto nesta segunda-feira (29/8) no Jardim Botânico, em Goiânia.

Segundo fontes do Jornal Opção, há suspeita de que o profissional, de 54 anos, cometeu suicídio. A Polícia Técnico-Científica e o Instituto Médico Legal estão no local para apurar o caso.

Claudionor Francisco Guimarães Filho foi alvo de um mandado de condução coercitiva e busca e apreensão em sua casa na última semana, durante a Operação Decantação.

Na última semana, a PF deflagrou operação com o objetivo de desarticular uma organização criminosa responsável pelo desvio de pelo menos R$ 4,5 milhões em recursos federais na empresa de saneamento goiana. Segundo as investigações, dirigentes e colaboradores da Saneago promoveram licitações fraudulentas mediante a contratação de uma empresa de consultoria envolvida no esquema.

Cerca de 300 policiais federais cumpriram 120 mandados judiciais, sendo 11 de prisão preventiva, quatro de prisão temporária, 21 de condução coercitiva e 67 de busca e apreensão na sede de empresas envolvidas e do PSDB, além de residências e outros endereços relacionados aos investigados.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.