Emedebista que apoiou Caiado, Ernesto Roller não vê hipótese de saída do partido

Processos de expulsão contra prefeitos dissidentes correm no Conselho de Ética do MDB 

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O prefeito de Formosa, Ernesto Roller (MDB), foi um dos emedebistas que decidiram apoiar Ronaldo Caiado (DEM) na eleição para o Governo de Goiás em detrimento da candidatura do líder do partido, Daniel Vilela (MDB). Por isso, Roller é um dos que estão sendo processados no Conselho de Ética do partido para possível expulsão da legenda. Ele, no entanto, não vê hipótese de saída.

Os processos contra Roller, Fausto Mariano, prefeito de Turvânia, Renato de Castro, prefeito de Goianésia e Paulo do Vale, prefeito de Rio Verde vão para votação na próxima semana. Todos declararam a apoio a Caiado na eleição. Além deles, Adib Elias, prefeito de Catalão, também foi um dos dissidentes, mas seu processo ainda não está apto para votação.

Em entrevista ao Jornal Opção, Roller disse que vai esperar o que for decidido, mas que pretende continuar no partido e não vislumbra uma saída ou mesmo uma transferência de partido.

A expulsão dos dissidentes é um tema que tem dividido o partido desde que saiu o resultado da eleição para governador. Daniel Vilela está no grupo que move os processos de expulsão no Conselho de Ética. Outro grupo já acha que tem que deixar isso para trás e unir o partido.

Em entrevista recente ao Jornal Opção, o emedebista Pedro Chaves disse que considera que as expulsões não são a melhor ideia. “Acho que a gente tem que esperar sarar as feridas para unirmos o partido no próximo ano”, disse.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.