Em Rio Verde, quatro detentos abrem buraco na parede e fogem de presídio

Outros quatro presos permaneceram na cela e explicaram que os fugitivos usaram uma barra de ferro retirada da ventana para cavar o buraco 

 

Quatro presos fugiram da unidade prisional de Rio Verde na madrugada desta segunda-feira (24/9) através de um burado aberto na parede da cela. A informação foi confirmada pela Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP).

De acordo com a DGAP, havia oito detentos na mesma cela e quatro empreenderam fuga. São eles: João Paulo Rodrigues Lopes, 27 anos, Raimundo Ferreira Quesado Neto, de 23, Leonardo Pereira da Silva Sousa, 23, que cumprem pena por roubo. E Daniel Gonçalves Vieira, 26 anos, condenado por estupro.

De acordo com a direção da unidade, uma agente notou pelas câmeras de segurança a movimentação de um preso fora da cela. Imediatamente acionou outros agentes plantonistas para averiguar o local. Os presos que permaneceram na cela explicaram que os fugitivos usaram uma barra de ferro retirada da ventana para cavar o buraco na parede.

Os plantonistas realizaram buscas nas proximidades da unidade, mas não encontraram os fugitivos. Foi determinada abertura de procedimento administrativo para apurar as circunstâncias do fato.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.