Em nota, CMTC condena ação de manifestantes durante protesto em Goiânia

Foto: Edilson Pelikano

Foto: Edilson Pelikano

Após os atos de vandalismo registrados durante protesto na noite desta quinta-feira (8/5), quando um ônibus do Eixo Anhanguera foi incendiado, a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) emitiu nota condenando a ação dos manifestantes. A companhia informou que espera que a polícia apure e puna os responsáveis pela depredação do veículo.

A manifestação popular prejudicou todo o atendimento nas regiões dos terminais Praça da Bíblia e Novo Mundo. Também houve depredação de outros 15 veículos durante o protesto, que reivindicava melhor qualidade no transporte coletivo diante do aumento tarifário que entrou em vigor no último sábado.

Confira na íntegra o comunicado da CMTC acerca do ocorrido:

A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) repudia os atos de vandalismo contra o patrimônio público ocorridos nesta quinta-feira, 8, quando dezenas de ônibus foram depredados e um veículo articulado do Eixo Anhanguera incendiado e completamente destruído.

A CMTC espera que a Polícia apure e puna os responsáveis por estas ações criminosas, que geram sérios prejuízos para a população que utiliza o transporte coletivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.