Em Goiânia, trabalhadores ficam pendurados em prédios durante limpeza de vidraças

Os casos ocorreram em edifícios domiciliares localizados nos setores Oeste e Bueno

O Corpo de Bombeiros de Goiânia registrou nesta segunda-feira (18/8) dois casos semelhantes. Segundo informações da assessoria de imprensa da corporação, duas pessoas ficaram penduradas em prédios da capital durante realização de limpeza de janelas e vidraças.

O primeiro episódio registrado ocorreu em um edifício no Setor Oeste. Uma trabalhadora que fazia limpeza de janelas do sexto andar caiu e acabou ficando presa ao cabo de segurança. Apesar do susto, o procedimento de resgaste ocorreu de maneira satisfatória e a funcionária não se feriu.

Logo em seguida, foi registrada uma ocorrência similar, dessa vez, no Setor Bueno. Um rapaz que realizava limpeza de vidraças no 13º andar percebeu que o cabo que sustentava a cadeirinha estava a ponto de arrebentar. Com medo, o jovem acionou os bombeiros e ficou sentando em um suporte de ar condicionado até a chegada do resgate. Assim como no caso anterior, o jovem não sofreu lesões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.