Em Goiânia, preço dos combustíveis não poderão ter três dígitos depois da vírgula

Vereador autor da matéria acredita que mudança vai tornar preços de combustíveis mais transparentes e justos

Projeto de Lei que proíbe terceiro dígito após a vírgula em preços de combustíveis foi aprovado na Câmara Municipal de Goiânia, na manhã desta quarta-feira (28/11), em última votação.

De autoria do vereador Sargento Novandir (PTN), a justificativa é de que os três números decimais podem confundir e lesar o consumidor, porque, segundo o parlamentar, disfarça o verdadeiro preço do combustível.

“É uma prática, no mínimo, irregular, porque oculta do consumidor o valor real”, disse. Ele ainda exemplificou: “O valor por litro de gasolina afixado nos postos como R$ 3,849 passará a ser comercializado no valor de R$ R$ 3,84. Assim, ao colocar 50 litros de combustível, o preço final será de R$192,00 e não mais R$192,45”.

Para o vereador, essa lei tornará mais transparente e justa a cobrança de preços em postos de gasolina. Aprovado na Câmara em última votação, o projeto, agora, segue para sanção do Prefeito Íris Rezende (MDB).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.