Em Goiânia, mãe é presa por abandonar filho na rua

A criança de 10 anos tem indícios de possuir alguma deficiência e vizinhos comentaram que há suspeitas de que ela já foi abusada sexualmente

A vítima, por sua vez, foi entregue ao Conselho Tutelar, que adotará as providências cabíveis e fará os devidos encaminhamentos assistenciais

Na tarde dessa terça-feira, 7, no Setor Rio Formoso, em Goiânia, a Polícia Civil do Estado de Goiás, através da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), prendeu uma mulher de 31 anos suspeita de deixar o filho de apenas 10 anos sozinho na rua.

Em apuração a denúncia anônima, o Conselho Tutelar da Região Oeste encontrou uma criança do sexo masculino, de apenas 10 anos de idade, andando sozinho na rua. O menino mostrou dificuldade de se comunicar, levantando indícios de ter alguma deficiência.

Além disso, em conversas com vizinhos da região onde o garoto foi encontrado, foi-se dito que a criança já teria sofrido abusos sexuais nos momentos em que estava perambulando na rua.

A polícia localizou a casa da criança, e a mãe. Ela afirmou que deixava o menino na rua porque ele insistia muito para sair e que ela só abria a porta e o deixava ir. Encaminhado o fato à DPCA, a mãe foi presa pelo crime do art. 133 do CPB. Ela encontra-se, agora, à disposição do Poder Judiciário.

A vítima, por sua vez, foi entregue ao Conselho Tutelar, que adotará as providências cabíveis e fará os devidos encaminhamentos assistenciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.