Em Goiânia, 84% das vítimas fatais em acidentes de trânsito estavam em motocicletas

Em 2015, até esta quarta (19), 120 pessoas morreram em acidentes de trânsito na capital. Número de vítimas tem diminuído

De acordo com dados divulgados pela Delegacia Especializada em Investigações de Crimes de Trânsito de Goiânia (DICT), 84% das vítimas fatais em acidentes de trânsito na capital em 2015 eram condutores ou passageiros de motocicletas. No total, até esta quarta-feira (19/8), 120 pessoas morreram em acidentes do tipo em Goiânia.

Em 2014, 269 pessoas foram vítimas fatais em acidentes de trânsito, uma queda em relação aos anos anteriores: 275 mortes foram registradas em 2013 e 318 em 2012. Por outro lado, o número de motociclistas vitimados tem aumentado. Em 2013, 70% das vítimas fatais estavam em motocicletas e em 2014, 74%.

O número de vítimas que morreram após atropelamento deu um salto entre 2013 e 2014, passando de 59 para 84, porém, até o momento, em 2015 esse índice está baixo: 27. Outra informação exposta pela DICT mostra que o número de acidentes envolvendo ônibus em 2015 já atingiu o total de 2013, de 14 casos. Essa taxa sofreu um pequeno aumento entre 2013 e 2014, de 14 para 15 acidentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.