Em estado de calamidade, municípios do Vale do São Patrício devem fechar comércio por 15 dias

Decreto será assinado na manhã de sexta-feira, 19, de forma conjunta  pelos gestores. Documento é revogável no caso de melhora da situação

As medidas de restrição para conter o avanço da Covid-19| Foto: Divulgação

Os municípios que compõem a microregião de Saúde São Patrício I, devem divulgar nesta sexta-feira, 19, decreto que fecha o comércio pelo período de 15 dias. As medidas de restrição para conter o avanço da Covid-19, vem após o governo classificar seis das 18 regiões de saúde em situação de calamidade.

As áreas divulgadas no mapa englobam 89 das 246 cidades em estado de calamidade. Além de Ceres,  as cidades de Rialma, Nova Glória, Carmo do Rio Verde, São Patrício, Ipiranga de Goiás e Nova América vão publicar decretos semelhantes.

O Prefeito de Ceres, Edmário Barbosa,  sinalizou que vão funcionar somente supermercados, farmácias, postos de combustíveis e serviços de saúde e os estabelecimentos que trabalham com alimentos podem fazer delivery.

Apesar da reclamação dos comerciantes da cidade de Ceres, o gestor irá assinar o documento  junto com os demais prefeitos nesta sexta-feira, 19, às 9h. “A situação é muito pior do que no ano passado quando havia recurso do governo federal para combater, mas hoje isso não ocorre”, disse o prefeito que já havia feito anteriormente, uma reunião com os gestores e secretários municipais de saúde de 10 municípios da região, para discutir os problemas de atendimento de saúde pública, principalmente a pacientes acometidos com pela Covid-19.

Na ocasião o prefeito já alertava para a gravidade da situação. “Essa deve ser uma decisão a ser adotada na região. De forma isolada não surte efeitos positivos”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.