Em convenção do DEM, Caiado não apresenta propostas para Goiás

Como foco nos ataques ao atual governo, senador esquece de detalhar ações para o Estado

Foto: Divulgação

Em convenção do Democratas realizada, neste sábado (4/8), no clube Jaó, em Goiânia, foi oficializada a chapa do pré-candidato ao governo, Ronaldo Caiado. Durante entrevista coletiva, o senador foi questionado sobre as principais propostas do seu plano de governo, mas, sem detalhar as ações, Caiado focou apenas em respostas vagas e ataques ao atual governo.

“É um tema bem amplo, né. Primeiro eu quero dizer que nós vamos fazer em Goiás algo inédito. Como todas as empresas que passaram pelo processo da Lava-jato foram submetidas a uma nova prática chama complaints, nós vamos submeter toda a máquina pública a essas mesmas regras. Isso é um combate claro a corrupção. Nenhum estado fez isso até hoje”, afirmou.

Além disso, o senador insinuou que pode deixar de lado quase 200 municípios do Estado. “Em um segundo ponto, nós saberemos identificar as 50 cidades mais carentes de Goiás e vamos resgatar a dignidade e a esperança dessa gente”, disse, sem explicar como pretende atuar diante de tal lista.

Questionado especificamente sobre o programa de governo na área da Saúde, o pré-candidato, que também é médico, não citou uma única proposta.

Chapa

Compõem a chapa majoritária da coligação Arrocha Goiás, o deputado estadual Lincoln Tejota (Pros) como vice, o senador Wilder Morais que disputa a reeleição e o vereador Jorge Kajuru (PRP), que também concorre ao Senado.

As suplências de senadores não foram definidas. Os nomes devem ser divulgados até a próxima segunda-feira (6/8).

No palanque, representantes dos 13 partidos que compõem a coligação discursaram em nome da mudança, pedindo apoio a Caiado. São eles: DEM, PRP, Pros, PDT, DC, PSL, PSC, PPL, PRTB, PMB, PTC, PMN e Podemos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.