Em cenário de segundo turno Lula tem 56% contra 31% de Bolsonaro, diz pesquisa

A pesquisa foi feita pelo Datafolha, entre os dias 13 a 15 de setembro e cerca de 3.667 pessoas com mais de 16 anos foram ouvidas para chegar a esse dado

Jair Bolsonaro e Lula da Silva: direita e esquerda estão se convocando para a disputa de 2022 | Fotos: Reproduções

A disputa pela presidência da República para 2022 segue estagnada, mas o ex-presidente Lula (PT)  mantém a vantagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). É o que revela a última pesquisa do Datafolha, realizada entre os dias 13 a 15 de setembro. Em um possível cenário de segundo turno, Lula segue à frente de Bolsonaro por 56% a 31%, ante 58% a 31% anotados em julho pelo mesmo levantamento.

Foram ouvidos 3.667 eleitores de forma presencial em 190 cidades. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos. A introdução de uma terceira via [outros nomes] contra o atual e o ex-presidente, o agravamento da crise política, e os atos de 7 de Setembro, também não alteraram o quadro.

No primeiro turno, Lula oscila de 46% para 44% e Bolsonaro, de 25% para 26%, na hipótese em que o candidato tucano é João Doria (SP), que passa de 5% para 4%. Nesse cenário, Ciro Gomes (PDT) segue em terceiro (de 8% para 9%), tudo dentro da margem de erro.

O petista vai de 46% para 42%, e Bolsonaro se mantém em 25%, na simulação em que o nome do PSDB é Eduardo Leite (RS), que oscila de 3% para 4%. A diferença no cenário com o gaúcho é que Ciro Gomes (PDT) pula de 9% para 12%.

O apresentador José Luiz Datena (PSL, 4%), a senadora Simone Tebet (MDB, 2%), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM, 1%), e o ex-ministro Aldo Rebelo (sem partido, 1%). O senador Alessandro Vieira (Cidadania), que como Tebet tenta a sorte a partir do palanque obtido na CPI da Covid, não pontuou.

Os cenários incluem cerca de 10% de votos brancos, nulos ou em nenhum dos indicados.

*Com informações da Folha de S. Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.