Em carreata pró-Bolsonaro, Caiado promete ser representante goiano no governo federal

Governador eleito já havia declarado apoio ao candidato a presidência pelo PSL e disse que “irá lutar para que Goiás tenha um espaço nacional”

Foto: divulgação

O senador e governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) declarou, durante a carreata em apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) que aconteceu na manhã desta sexta-feira (19), em Anápolis, que vai trabalhar para que Goiás tenha um representante no governo federal.

Desde que declarou apoio ao candidato à Presidência, Caiado tem feito campanha para que Bolsonaro tenha votação expressiva em Goiás e disse que irá se empenhar para que um goiano tenha um cargo de relevância numa possível administração do presidenciável, devido à importância do Estado no cenário nacional.

“Vou trabalhar muito para isso. Estive com ele [Jair Bolsonar], conversei longamente. Temos um Estado importante. São vários colegas nossos que estarão assumindo uma função importante no governo federal. O deputado Onyx Lorenzoni é meu amigo particular de longa data; ele estará na Casa Civil, da Presidência da República”, disse, lembrando encontro que teve com o presidenciável na semana passada, no Rio de Janeiro.

Após a carreata, Caiado falou também sobre a comissão de transição que deve ser implantada nos próximos dias e a respeito da parceria que pretende estabelecer no governo com os 246 prefeitos, independente da posição partidária. Ele reforçou que a sintonia com o governo federal será fundamental para se obter mais resultados em sua gestão no Estado.

Questionado sobre o relacionamento com os prefeitos, Caiado destacou que buscará sempre bons resultados para o cidadão. “[A relação com os prefeitos] será de uma maneira respeitosa, construtiva, de parceria, para que tenhamos o melhor resultado para a sociedade. Esse é o meu objetivo claro. Eu jamais agirei para forçar quem quer que seja a mudar de partido. Tenho a responsabilidade de governar para os 246 municípios de Goiás, com a presença do Estado onde for necessário”, ponderou.

O senador informou ainda que nos próximos dias deverá ter a sua comissão de transição instalada, e partir daí haverá uma radiografia mais precisa da situação do Estado. Segundo ele, sabe-se que o quadro fiscal vem se agravando, e as medidas previstas serão definidas e anunciadas após a ciência de todos os dados, com o trabalho da equipe de transição.

Caiado também enfatizou que a equipe de governo terá como princípio a qualificação técnica e a busca de resultados. “Como goiano, tenho que ter respeito por todos os goianos. Tenho que fazer uma gestão que seja para todo o Estado de Goiás. Como governador do Estado, vou buscar pessoas qualificadas para cada uma das áreas. O que eu tenho que exigir é que a pessoa seja eficiente para todo o Estado de Goiás. Do contrário, não estaria cumprindo a minha função de governador.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.