Em Brasília, Lula se reúne com vice-presidente da Câmara e discute aumento do auxílio emergencial

Nesta quinta-feira, 6, o ex-presidente se encontra com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG)

Lula e Ramos | Foto: Montagem

Nesta quarta-feira, 5, o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se encontraram e discutiram a possibilidade de elevar o auxílio emergencial para R$600. Lula, que está em Brasília, tem se reunido com lideranças políticas e embaixadores para debater sobre a pandemia, a crise econômica e, também, eleições de 2022.

Para o governo federal, o benefício que ajuda famílias de baixa renda durante a pandemia, foi reduzido por falta de fontes de financiamento que não ultrapassem o teto de gastos. Já Lula tem pensamento diferente. “Ele [Lula] tem algumas teses: aumentar a base monetária do país. Ele entende que não gera um viés inflacionário, porque o desemprego está muito alto e a inflação está baixa. Usar recursos dos fundos contingenciados, usar recursos das reservas internacionais. É um debate que a gente tem que travar”, revelou Ramos após o encontro.

Para o vice-presidente da Câmara, é uma questão de avaliar riscos do futuro, mas ele acredita que o país perdeu oportunidade de ampliar a base monetária quando a inflação e os juros estavam baixos e o desemprego alto.

Nesta quinta-feira, 6, Lula irá se encontrar com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). De acordo com a assessoria do senador, o encontro se trata de uma “visita institucional, sem pauta pré-marcada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.