Em Aparecida, ministro libera R$ 18 milhões para equipar Hospital Municipal

Ricardo Barros, da Saúde, visitou as instalações do centro médico acompanhado do prefeito Gustavo Mendanha e do deputado Daniel Vilela

Ricardo Barros com a comitiva goiana no Hospital Municipal | Foto: divulgação

O ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), visitou, na manhã deste domingo (25/6), o Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia, no setor Cidade Vera Cruz 1. Acompanhado do prefeito Gustavo Mendanha e do deputado federal Daniel Vilela (ambos do PMDB), ele anunciou a liberação de R$ 18 milhões para equipar o centro médico.

“É uma alegria poder anunciar esse recurso, que será usado para compra de equipamentos. Teremos mais posteriormente, mas para as primeiras etapas garantimos o pagamento imediatamente. Logo teremos esse hospital a serviço da saúde da população de Aparecida”, disse.

Construído pela prefeitura, o hospital contará com 180 leitos de enfermaria, 30 leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), sendo dez deles de UTIs pediátricas, além de dez salas de cirurgias, laboratórios e salas para exames e 14 consultórios.

“Agradecemos a presteza do ministro que, em um domingo, veio visitar nossa obra. O hospital está pronto e com a liberação dos recursos poderemos equipar o hospital, inaugurar e colocar para funcionar. Vamos abrir a licitação para o mais breve possível entregar este grande benefício”, comemorou Gustavo Mendanha.

De acordo com o prefeito, funcionamento se dará de forma gradativa, em três etapas. Serão, ao todo, R$ 38 milhões advindos do Ministério da Saúde. O recurso liberado neste domingo (25) garantirá a primeira fase.

Presidente do PMDB em Goiás, o deputado federal Daniel Vilela — filho do ex-prefeito, Maguito Viela, que deu início à construção do centro médico — elogiou a gestão do ministro Ricardo Barros e comemorou a liberação dos recursos.

Vista aérea do Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.