Em 15h, Goiânia registra oito homicídios

Casos ocorreram em diferentes bairros da capital, no sábado. Após morte de menor no Setor Conjunto Morada do Sol, governador Marconi Perillo anunciou força-tarefa

Goiânia foi palco de oito homicídios em um intervalo de 15 horas segundo a Polícia Civil. As mortes ocorreram entre 9h30 e 23h50 do último sábado (3/8). O caso que chamou mais atenção aconteceu à tarde. A jovem Ana Lídia de Sousa Gomes, de 14 anos, estava em um ponto de ônibus no Setor Conjunto Morada Nova quando um suspeito em uma motocicleta se aproximou e efetuou vários disparos.

O primeiro caso foi de Caio Pires Barbosa, 17, morto ao tentar assalta um policial civil no Setor Cidade Jardim. O menor foi atingido com três tiros após troca de tiros e morreu no local. O agente de segurança foi baleado no braço e encaminhado para atendimento hospitalar.

Por volta de 23h50, Luiz Henrique Ferreira Campos, 17, foi assassinado no Setor Central. A hipótese é que ele tenha envolvimento com o tráfico de drogas, conforme informou a polícia. O suspeito conseguiu fugir.

Os outros homicídios foram registrados nos setores Residencial Alphaville, Mansões do Campus, Vila Itatiaia e Vera Cruz 2. A morte de uma idosa de 78 anos, no Conjunto Guadalajara, ainda é desconhecida.

Após a morte da menor Ana Lídia, o governador Marconi Perillo (PSDB) anunciou força-tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-GO) e da Delegacia Geral de Polícia Civil. O tucano afirmou em uma rede social que o objetivo é o de elucidar com mais rapidez os assassinatos contra mulheres na capital.

Uma resposta para “Em 15h, Goiânia registra oito homicídios”

  1. Só espero que não peguem alguém como bode espiatório para os crimes do motociclista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.