Elon Musk é eleito Pessoa do Ano pela revista Time

O sistema de escolha é diferente do que elegeu o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), na última semana; Bolsonaro teria sido escolhido em uma votação popular e ficou à frente de Donald Trump e dos profissionais da linha de frente contra a Covid-19

O bilionário Elon Musk foi escolhido pela revista Time como a Pessoa do Ano de 2021. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 13, no site e nas redes sociais da revista após a escolha do CEO da Tesla e fundador da SpaceX como Personalidade do Ano pelos feitos na terra, ultrapassando Jeff Bezos para se tornar a pessoa mais rica do mundo, e até mesmo fora dela, pelo lançamento do programa SpaceX. 

É uma decisão diferente da escolha popular divulgada na última semana, quando o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi escolhido por votação popular, com 24% dos votos, quando não foram analisados todos os feitos das pessoas que poderiam ser votadas no site da Revista. Ele contou com uma grande mobilização de apoiadores nas redes sociais e nos aplicativos de mensagem. 

A escolha do bilionário, segundo a publicação da Revista, foi pelo alcance de Elon que se estendeu para além da Terra, porque o CEO tem uma grande influência no Mercado Financeiro, com potencial de disparar ou retrair o mercado de ações; por causa de todo o processo de expansão e conhecimento da SpaceX que põe satélites em órbita e usa o sol; e também pelo seu simbolismo, porque faz tudo isso dirigindo um carro que não usa gasolina e também sem possuir uma casa.  

O bilionário também quebrou recordes no seu patrimônio líquido neste ano, superou os $ 300 bilhões. Convertido para o real, o valor supera os R$ 1,7 trilhão e isso o tornou a pessoa mais rica da história do mundo, ainda que ele negue, pois afirma que esse patrimônio “exclui soberanos”, como o presidente da Rússia, Vladimir Putin, que acredita que seja mais rico do que ele.  

Outros vencedores 

Além da Musk, também foram escolhidos os “Herois do Ano”, os trabalhadores e pesquisadores da ciência que desenvolveram as vacinas contra a Covid-19; a “Artista do Ano”, Olivia Rodrigo;  e a “Atleta do Ano”, Simone Biles.  

Lista de leitores 

A pesquisa de leitores foi que elegeu Jair Bolsonaro como Personalidade do Ano cita o presidente como “polêmico líder que se candidatará à reeleição e enfrenta uma desaprovação crescente”. Dos 9 milhões de votos, 24% dos leitores escolheram o liberal como personalidade do ano. Isso equivale a ¼ de todos os votos, mais de 2,1 milhões de votos, que o presidente inclusive comemorou nas redes sociais.

Bolsonaro ainda ficou à frente do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump (Republicano), que obteve 9% dos votos; dos profissionais da linha de frente, que foram lembrados por 6,3% dos votos; e do advogado ativista anticorrupção russo, Alexei Novalny, que está preso após se recuperar de um envenenamento quase fatal. Ele recebeu 6% dos votos.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.