Elias Vaz rebate dados entregues por Neyde Aparecida: “Ela precisa respeitar a Câmara”

Sem listagem de produtos especificados, presidente da CCJ diz que material da Secretaria Municipal de Educação é uma piada e que não atende à solicitação feita

Vereador Elias Vaz diz que secretária desrespeitou sua inteligência e vai cobrar resposta nesta segunda-feira (17/5) | Foto: Antônio Silva

Vereador Elias Vaz diz que secretária desrespeitou sua inteligência e vai cobrar resposta nesta segunda-feira (17/5) | Foto: Antônio Silva

O presidente da Comissão de Constituição, Redação e Justiça (CCJ), Elias Vaz (PSB), rebateu os dados entregues pela Secretaria Municipal de Educação (SME) sobre a compra de produtos para merenda escolar da rede municipal de ensino.

De acordo com o vereador, a titular da pasta, Neyde Aparecida (PT), desrespeitou a Câmara Municipal de Goiânia, pois, além de não ter atendido a solicitação feita no prazo determinado, encaminhou documentos “sem sentido”. “O que recebi foi desrespeitoso. Totalmente malfeito, não tem nenhum critério”, critica Elias.

Em entrevista ao Jornal Opção Online, o pessebista demonstrou indignação com o que chamou de “subestimo à inteligência”. “Neyde precisa respeitar a Câmara Municipal. Estou apurando denúncias graves de desvios na merenda de crianças e tenho que ter documentos concretos para tanto”, avisa.

Elias Vaz diz solicitou uma lista completa com todos os produtos que são adquiridos pela SME e o destino de cada um deles. No entanto, no calhamaço recebido na última sexta-feira (15/5), não há nada disso. “Não tem quantidade, peso… Nada foi discriminado corretamente. 1000 cabotiás significa o quê? São quilos ou unidades? A secretaria de Educação [enfático] tem que ter o mínimo de critério. Não é possível uma coisa dessas”, questiona ele.

Outro erro na documentação apontado pelo presidente da CCJ é a falta do caminho dos produtos. Em face da suspeita de que a secretaria estaria adquirindo alimentos, mas estes não estariam chegando às escolas, ele solicitou, então, o que foi entregue em cada uma das unidades de ensino municipais, mas… “No documento não tem nem um nome de uma escola sequer. É um desrespeito”, enfatiza.

“Essa atitude da secretária me despertou muito desconfiança. Por que tratar as coisas desse jeito? Ela não sabe dizer o que está sendo encaminhado? Não tem controle? Então, se for assim, que peça demissão”, critica o vereador.

Nesta segunda-feira (17/5), Elias garante que vai fazer uma nova solicitação e, caso não seja atendido da maneira correta, acionará Neyde Aparecida judicialmente.

2 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Charles Alves Bento

Parabéns vereador !

Adnaldo

Nas próximas eleições deveríamos dar um limpa, e trocar prefeito, vereadores, secretários e se pudesse também os funcionários públicos. Eles ficam brigando, ameaçando, acusando, greve, etc.. E nós como ficamos? Cadê a saúde, cadê a educação, cadê o atendimento que cidadão precisa dos poderes públicos? Eles não tem nenhuma união. Elias Vaz, é só martelada, mas ele esquece que quem fica prejudicado é o cidadão, enquanto estão brigando, nada anda. Eu pergunto isso é bom? A politica é isso? Lamentável. Elegemos prefeito, vereadores, para nos ajudar, para cuidar do município.

carlos alberto nunes

pelos seus comentarios amigo voçe gosta mesmo e de politico corrupito parabens elias vaz pe trabalho que fas na camara vc tinha que ser era prefeito de goiania tirar esses bandidos do pt da prefeitura

Adnaldo

É por isso Carlos Alberto Nunes, que Goiânia não anda, se você ler novamente e refletir, vai ver que não gosto de corrupto, quando digo vamos dar um limpa, quer dizer não reeleger nenhum dos que estão ai. Inclusive Elias Vaz, que já votei nele e não voto mais. Leia pausadamente que você entenderá, use mais a razão do que a emoção. E mais um detalhe não sou seu amigo, sou apenas um leitor, como você, mas não somos amigos.