Eleitores voltam às urnas hoje para escolher novo prefeito de Goiânia e de 56 municípios

Nova eleição também será realizada em Anápolis. Mais de 32,9 milhões de eleitores em todo o Brasil estão aptos a votar

Vanderlan e Iris durante últimas caminhadas de campanha | Fotos: divulgação e Paulo José

Vanderlan e Iris durante últimas caminhadas de campanha | Fotos: divulgação e Paulo José

Mais de 32,9 milhões de eleitores em 57 municípios voltam às urnas neste domingo (30/10), no segundo turno das eleições municipais. Das 26 capitais em que houve a disputa do primeiro turno no dia 2 de outubro, em 18 ocorrerá nova votação neste domingo: em Goiânia, onde Iris Rezende (PMDB) e Vanderlan Cardoso (PSB) disputam a prefeitura, Maceió, Macapá, Manaus, Fortaleza, Vitória, Goiânia, São Luís, Cuiabá, Campo Grande, Belo Horizonte, Belém, Curitiba, Recife, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Porto Velho, Florianópolis e Aracaju.

Haverá eleição ainda nas cidades de Vitória da Conquista, na Bahia, em Caucaia, no Ceará, nas cidades de Vila Velha, Serra e Cariacica, no Espírito Santo, em  Anápolis, Goiás, nos municípios mineiros de Montes Claros, Contagem e Juiz de Fora e em Maringá e Ponta Grossa, no Paraná.

Em Pernambuco haverá segundo turno em Jaboatão dos Guararapes, Caruaru e Olinda, no Rio de Janeiro a eleição será disputada em São Gonçalo, Volta Redonda, Petrópolis, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Duque de Caxias e Niterói. Já no Rio Grande do Sul o pleito ocorrerá hoje em  Canoas, Caxias do Sul e Santa Maria. Também teremos eleições em Joinville e Blumenau, em Santa Catarina.

No estado de São Paulo, o segundo turno será realizado nas cidades de Jundiaí, Franca, Mauá, Diadema, Osasco, Sorocaba, Guarujá, Suzano, Ribeirão Preto, Bauru, São Bernardo do Campo, Guarulhos e Santo André.

De acordo com o TSE, o segundo turno ocorrerá em 437 zonas eleitorais, que abrangem 90.665 seções eleitorais.

Em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes,  ressaltou que, antes de votar neste domingo, os eleitores devem avaliar cuidadosamente os projetos dos candidatos que disputam o pleito. “É a partir das nossas escolhas que podemos contribuir para a construção de um país mais seguro, justo e igual para todos”.

Gilmar Mendes acompanha hoje, pela manhã, a eleição do Rio de Janeiro. Às 8h, o ministro visita a Escola Municipal Avertano Rocha, na Cidade de Deus, e, às 10h, participará da auditoria das urnas no Tribunal Regional Eleitoral do estado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.