Eleitores de Bolsonaro vão às urnas armados e divulgam voto nas redes

Fotos e vídeos têm viralizado na internet. Confira

Foto: reprodução/Facebook

Durante as votações deste domingo (07) um vídeo e uma foto de eleitores do candidato a presidência Jair Bolsonaro (PSL), começaram a circular pela internet mostrando o momento em que votam exibindo armas de fogo dentro da cabine de votos.

A ação destes eleitores se enquadra como crime eleitoral, já que a justiça eleitoral não permite o uso de aparelhos celulares durante a votação.

A foto de um dos eleitores mostra um revólver em cima da urna eletrônica na Escola Estadual Professor Mauriciou Brum, localizada em São João do Meriti, no Rio de Janeiro. Já no vídeo, não é possível ver onde foi feito. Veja:

Incentivo

A pedido do filho do presidenciável, Eduardo Bolsonaro, em uma postagem no twitter, ele já havia dito para que os eleitores do presidenciável gravassem e filmassem ao vivo seus locais de votação, o que é considerado crime eleitoral.

A Lei Eleitoral 4737/65 proíbe que se tire qualquer tipo de foto ou grave vídeos durante a votação, incluindo fotos da urna e selfies na cabine.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.