Eleição de Caiado ameaça Chapada dos Veadeiros, diz The Intercept

Primo do candidato é presidente de megacorporação que aguarda licenças para construção de sete pequenas centrais hidrelétricas na região. Entenda

Divulgação

O site The Intercept Brasil traz nesta segunda-feira (24/9) extensa reportagem que indica que a eleição do senador Ronaldo Caiado (DEM) ao governo de Goiás pode ameaçar a conservação da Chapada dos Veadeiros.

Na reportagem, o repórter Caio de Freitas Paes lembra que o parlamentar possui “uma ligação familiar de décadas com produtores rurais e empresários do setor agropecuário”, e destaca que há uma parte da família, em especial, “interessada em sua vitória nessas eleições”. Trata-se, segundo o material, de um dos primos de Caiado que controla a Rialma, corporação que atua nas áreas de energia, agropecuária e mineração, e integra lista de empresas que aguardam licenças para empreendimentos na Chapada dos Veadeiros.

Ainda segundo o The Intercept, Emival Ramos Caiado Filho, primo do senador, é presidente do grupo que tem interesse em implantar sete pequenas centrais hidrelétricas na região. “É justamente o licenciamento ambiental o último entrave para que os projetos saiam do papel – e é o governo do Estado o responsável por essa autorização”, destaca a reportagem.

O caso mais emblemático diz respeito à criação da hidrelétrica Santa Mônica, proposta no início dos anos 2000, e prevista para ser construída em terras quilombolas em Cavalcante, no curso do Rio das Almas.

O Intercept ouviu Caiado sobre o caso. À reportagem, o candidato disse que há poucas chances do projeto ser realizado e afirmou que o processo de licenciamento da pequena central teria sido suspenso pelo governo goiano.

Segundo a publicação, entretanto, a informação não procede e o licenciamento segue aberto na secretaria de Meio Ambiente. A versão é confirmada por relatório da Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, publicado em agosto, no qual a hidrelétrica Santa Mônica segue prevista.

“O documento comprova que a implementação do projeto estará autorizada caso a licença seja concedida pelo governo”, explica.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.