Eduardo Prado quer mesmas condições previdenciárias da Polícia Federal para a Polícia Civil em Goiás

Deputado estadual afirma que é necessário aguardar conclusão da reforma da Previdência nacional antes de iniciar debates estaduais

Eduardo Prado, deputado estadual | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O deputado Eduardo Prado (PV) afirmou ser contrário à tramitação da reforma da Previdência estadual antes que a reforma da União tenha tramitado no Senado. O parlamentar diz ainda que cobrará os mesmos parâmetros previdenciários da Polícia Federal para os policiais civis. 

“Ao meu ver, temos de esperar aprovação da reforma da Previdência em âmbito federal, no Senado onde está transcorrendo, até para que tenhamos a base do que foi mudado em nível nacional”, afirmou Eduardo Prado. “A Constituição Federal preconiza que as regras gerais sejam aplicadas aos estados, então temos de aguardar.”

O deputado afirmou estar preocupado com servidores públicos porque seu regime previdenciário já sofreu modificações e diz ser necessário protegê-los, não cobrar sacrifícios em excesso. “Não podemos pensar só na questão do déficit. Temos de fazer a reforma sem sacrificar e sangrar o servidor público, até por isso é importante vermos os parâmetros da união em goiás”, finalizou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.