Imóvel do ex-prefeito foi alvo de buscas e apreensão na manhã desta terça-feira. A partir da decisão do magistrado, Paes está automaticamente impedido de concorrer na eleição que se aproxima

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

As autoridades cumpriram, na manhã desta terça-feira, 8, mandados de busca e apreensão na residência do ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. Ele e outros quatro investigados se tornaram réu por crimes de corrupção, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

As buscas foram realizadas na residência do prefeito em São Conrado, Zona Sul do Rio. A ordem foi expedida pelo juíz Flávio Itabaiana de Oliveira.

Vale lembrar que, apesar da candidatura de Paes ter sido oficializa na semana passada, a partir da decisão do juíz o ex-prefeito está impedido de concorrer na eleição que se aproxima.

Os detalhes da denúncia ainda não foram revelados. O ex-prefeito também não se pronunciou sobre o ocorrido.