Eduardo Costa afirma ter levado calote na venda de uma mansão e ex-jogador acusado nega

O comentarista esportivo e ex-jogador Fábio Júnior Pereira não teria pago o sinal da compra da mansão de R$ 10 milhões e nenhuma das 36 parcelas acertadas entre ele e o cantor sertanejo. Fábio afirma que o acordo de compra teria sido desfeito em uma conversa informal entre ele e Eduardo

Eduardo Costa leva calote de ex-jogador Fábio Júnior na venda de uma mansão em Belo Horizonte.

O cantor Eduardo Costa está cobrando o comentarista esportivo Fábio Júnior por meio da Justiça, para que seja efetuado o pagamento de uma multa pelo descumprimento contratual praticado por Fábio na compra de uma mansão que Eduardo tinha colocado à venda. O imóvel tem 820,7 metros e foi construído em uma área de 1.177 metros quadrados, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

De acordo com Eduardo, o combinado era que fosse dado um sinal de R$ 6 milhões para a compra do imóvel, enquanto os outros R$ 4 milhões seriam pagos por meio de 36 parcelas de R$ 111 mil. Porém, mesmo diante de cobranças para que as quantias fossem pagas, Eduardo não recebeu nenhum valor. 

Mansão de Eduardo Costa que teria sido vendida a Fábio Júnior. | Foto: Reprodução Google Maps.

Devido a essa inadimplência, o cantor pede na Justiça que uma multa no valor de R$ 1 milhão seja paga a ele. Além disso, Eduardo pede ainda a rescisão do contrato firmado com Fábio Júnior.

Por sua vez, Fábio Júnior afirma que havia desfeito o contrato com Eduardo Costa durante uma conversa informal e que por isso acreditava estar tudo bem. “Tive a intenção de comprar o imóvel, assinei o contrato e depois meus advogados me alertaram que haviam algumas cláusulas que não eram boas. Assinei sem ter noção disso e conversamos para que fosse feito um desacordo informal. Achei que estava tudo bem”, afirmou o ex-jogador.

Fábio alegou ainda que pretende conversar pessoalmente com Eduardo Costa para que as providências quanto ao caso possam ser tomadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.