Ebola: Nações Unidas advertem que epidemia “ainda não está contida”

De acordo com a OMS, mais de 20.200 casos foram registrados, com um total de 7.900 mortos

A epidemia de Ebola está diminuindo, mas o vírus ainda está presente em um terço das áreas dos três países da África Ocidental mais afetados | Foto: Ahmed Jallanzo/EPA/Agência Lusa/ Direitos Reservados

Vírus ainda está presente em um terço das áreas dos três países da África Ocidental mais afetados | Foto: Reprodução/EBC

A epidemia de Ebola está diminuindo, mas o vírus ainda está presente em um terço das áreas dos três países da África Ocidental mais afetados, advertiu nesta quinta-feira (29/1) o coordenador da Organização das Nações Unidas David Nabarro para a luta contra a epidemia.

“Ainda assistimos a crises ocasionais e algumas surpresas, com novos casos fora das nossas listas de contatos”, disse David Nabarro, na sede da União Africana, na véspera de uma cúpula de líderes, em que o ebola figura como ponto fundamental de discussão. “Isso significa que a epidemia não está contida ainda”, frisou.

Segundo os mais recentes dados da Organização Mundial da Saúde, foram registrados mais de 20.200 casos, com 7.900 mortos. Os três países mais afetados são Serra Leoa, Libéria e Guiné Conacri.

Deixe um comentário