“É uma ação injusta, Marconi trouxe mais empresas para o Estado com incentivos”, afirma Talles

O deputado disse que se não fossem as ações tomadas por Perillo, Goiás ainda seria totalmente agrícola

Após ação civil pública pedindo o bloqueio de bens do ex-governador Marconi Perillo (PSDB) e o ressarcimento de R$ 3,9 bilhões aos cofres do Estado, o deputado Talles Barreto (PSDB) saiu em defesa do correligionário: “É uma ação injusta, o ex-governador Marconi Perillo trouxe mais empresas para o Estado, com os incentivos fiscais.”

No ano de 2014 o Estado de Goiás instituiu, pela Lei nº 18.459, de 05 de maio, o Programa de Incentivo à Regularização Fiscal de Empresas no Estado de Goiás – REGULARIZA, o qual é constituído de medidas facilitadoras para a quitação de débitos relacionados com o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação – ICMS.

“Graças aos incentivos dados pelo ex-governador Marconi, tivemos a chance de alcançar a 9ª economia do Brasil. Mesmo em tempos de crise, Goiás conseguir ser destaque na geração de empregos. Antes éramos um estado completamente agrícola e Marconi nos tornou mais industrializados. Foram incentivos para atrair mais empresas e garantir um ciclo de investimentos em todas as áreas”, explicou Talles.

O tucano também citou que Anápolis e Aparecida de Goiânia se tornaram grandes potências industriais depois dos incentivos: “Hoje temos indústrias farmacêuticas, montadoras de veículos, fabricante de móveis. Não vejo outra forma para Goiás ter se destacado tanto no país inteiro.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.