“É importante enaltecer disposição de quem garante emprego para Goiás”, afirma Marconi

Governador recebeu a nova diretoria da entidade no Palácio das Esmeraldas

Marconi cumprimenta novo presidente da Adial | Foto: governo de Goiás

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), recebeu, na noite da última segunda-feira (30/5), no Palácio das Esmeraldas, empresários membros da nova diretoria da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial-GO), eleita em abril.

O novo presidente, Otávio Lage Filho, diretor-presidente da Jalles Machado S/A, comandará a entidade até 2020. Em discurso, ressaltou a importância da Adial-GO, cujas empresas afiliadas são responsáveis por cerca de 80% do PIB industrial goiano, importante âncora do desenvolvimento do Estado.

“Importante enaltecer a disposição desses homens e mulheres que não são empresários quaisquer. São empresários de alto nível, de alto padrão, reconhecidos por todos nós, que deixam seus afazeres de lado para edificar um projeto que, além de garantir sucesso empresarial, garante responsabilidade social, garante desenvolvimento econômico, e principalmente garante emprego para nossa gente”, ressaltou.

O governador afirmou ter contado com o apoio dos empresários para alavancar a economia goiana nos últimos 20 anos e também para mudar o perfil econômico do estado.

“Não conseguiríamos transportar o PIB de Goiás de R$ 17 bilhões, há 19 anos, para R$ 200 bilhões agora. Tampouco de 300 milhões de dólares para 7 bilhões, 8 bilhões de dólares em volume de exportações. Diversificamos a relação de 50 para 150 países. Diversificamos a economia goiana que antes era ancorada só na economia primária, com minérios, agricultura e pecuária, para uma economia muito mais diversificada com montadoras, indústrias alimentícias, farmacêuticas e também vestuário. Isso tudo se deve a vocês”, apontou.

Novo comando

Eleito em chapa única, por unanimidade, Otávio Lage Filho afirmou que a missão dele à frente da entidade é dar sequência ao trabalho do ex-presidente, Cesar Helou, que comandou a Adial Goiás nos últimos seis anos.

“Helou integrou a iniciativa privada com ações governamentais visando o progresso e o desenvolvimento do Estado de Goiás”, declarou o novo presidente, que comentou o anúncio da Kraft Heinz, que montará uma unidade em Nerópolis.

“Após mais de um ano de tratativas, tivemos a assinatura do protocolo de intenções, em que o governo do Estado deu todas as condições, juntamente com a prefeitura de Nerópolis, para que a Kraft Heinz faça aqui investimentos em torno de R$ 480 milhões e gere mais de 600 empregos”, elogiou.

Cesar Helou, que agradeceu a parceria de Marconi durante os anos em que dirigiu a entidade, também elogiou a conquista singular para o Estado, que foi o anúncio da instalação da Kraft Heinz em Goiás.

“Digna de comemoração a assinatura do contrato numa época dessa em que quase ninguém de nós está investindo, e vem um investimento de quase R$ 500 milhões. Importante lembrar que a Kraft Heinz hoje é o terceiro maior grupo de alimentos do mundo. Depois que ela surgiu com esse nome – Kraft Heinz – é o primeiro investimento que eles fazem no mundo. Escolheram o Estado de Goiás para fazer esse primeiro investimento. Isso é o reconhecimento, governador, do seu trabalho nesses anos. Quero agradecer, parabenizá-lo”, afirmou.

Participaram do encontro mais de 50 pessoas, entre empresários e executivos das principais indústrias de Goiás, entre os quais o presidente da Adial Brasil, José Alves Filho.

“Marconi é o grande líder do projeto de desenvolvimento de Goiás”

Empresários e o governador Marconi Perillo

Presente no encontro, o presidente da Caramuru Alimentos, Alberto Borges de Souza, ressaltou a relevância do trabalho em conjunto dos empresários com o poder público para o desenvolvimento de Goiás, sob a liderança de Marconi. “A Adial tem cooperado, colaborado, através dos anos com o governador para construir o desenvolvimento. Lógico que o governador é o grande líder desse projeto. Porém a Adial tem, através dos anos, colocado os temas empresariais, em especial os temas industriais, para que Goiás atraia investimentos, atraia capital, e com isso gere um número importante de empregos, que no fundo constrói o desenvolvimento do Estado”, ponderou.

Ao agradecer às menções dos empresários, o governador comemorou ter sido proveitosa sua abnegação durante os anos em que governou Goiás. “Deixei minha vida pessoal de lado e me dediquei ao Estado. Podem falar qualquer coisa a meu respeito, menos que eu tenha deixado de trabalhar integralmente nesses últimos 30 anos em favor do Estado – principalmente nesses quase 20 anos em que lidero a política aqui. Sou cobrado pela minha família todos os dias. Minhas filhas cresceram sem o pai presente, mas elas reconhecem que esse esforço não foi em vão”, revelou.

“Hoje, Goiás é um Estado moderno, respeitado, porque se modernizou, se modificou, ampliou suas fronteiras. Antes, a gente tinha um pouco de vergonha quando chegava lá fora e falava que era de Goiás. Hoje, não. Pelo contrário. Querem saber o que está acontecendo aqui, porque que a gente gera mais empregos do que os outros, porque o PIB cresce mais, porque a economia se fortalece a cada dia, porque há uma relação tão boa, tão benéfica, tão sinérgica, entre o Estado e os empresários”, completou o governador.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.