Dra. Cristina e Djalma Araújo trocam acusações na CCJ

Vereadores se desentenderam na reunião desta quarta-feira (20/5) por causa de uma emenda do parlamentar. Veja o vídeo

O vereadores Djalma Araújo (SD) e Dra. Cristina Lopes (PSDB) bateram boca na reunião que apreciou o relatório do projeto de reforma administrativa do Paço Municipal na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Câmara de Goiânia, nesta quarta-feira (20/5).

O clima ficou tenso após Djalma ter acusado a tucana de ter feito acordo com a Prefeitura de Goiânia nas últimas reuniões com o secretário de Finanças, Jeovalter Correia. “Ela fez acordo com o Paço. Isso não é possível, ela fez acordo”, atacou Djalma. “Você me respeite, fique no seu lugar”, retrucou a vereadora.

A confusão começou quando Dra. Cristina se recusou a votar a favor de emenda apresentada pelo colega. O complemento regia sobre pontos que contemplam os professores do município — o projeto de emenda suprimia e acrescentava diferentes artigos, parágrafos e incisos.

Representantes do Sindicato Municipal dos Servidores em Educação (Simsed) pressionaram os vereadores para a manutenção de direitos. Dois professores usaram a palavra por quase meia hora para apresentar reivindicações.

A reunião da CCJ dura mais de cinco horas e foi cogitada a suspensão da sessão ordinária em diversos momentos.

No vídeo abaixo é possível ver parte da discussão, quando Dra. Cristina se exalta e rebate as acusações de Djalma, que a chama de “mentirosa”. “Isso é jogo rasteiro! Política velha!”, se defende a parlamentar.

Assista:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.