Dominguetti reafirma à CPI da Covid esquema de propina de Roberto Dias

O representante da empresa responsável pelas vacinas está depondo hoje na CPI da Covid

Luiz Paulo Dominguetti, representante da Davati Medical Supply responsável pela produção da vacina AstraZeneca, reafirmou nesta quinta-feira1, que o exonerado do Ministério da Saúde, Roberto Dias pediu US$1 por dose do imunizante. Dominguetti já havia feito essa declaração ao Folha de S. Paulo.

Dominguetti revelou que a primeira proposta para a venda da vacina era de US$ 3,5 por dose e que não incluía a propina pedida. Ele também afirmou que quem fez a proposta no ministério foram Roberto Dias, o diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis, Lauricio Monteiro Cruz, e o secretário-executivo Elcio Franco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.