“Dom Antônio trabalhou pela unidade da Igreja Católica”, diz Francisco Jr.

Arcebispo emérito da Arquidiocese de Goiânia faleceu nesta semana

Dom Antônio Ribeiro

Um dos representantes da comunidade católica goianiense, o deputado estadual Francisco Júnior (PSD) exalta o legado deixado pelo arcebispo emérito da Arquidiocese de Goiânia, Dom Antônio Ribeiro de Oliveira, que morreu nesta semana. Para o parlamentar, Dom Antonio é um dos principais líderes religiosos do Brasil e, mesmo assim, um homem simples, de perfil conciliador e intensa dedicação às obras sociais.

“Dom Antonio trabalhou de forma incansável pela unidade, disseminação da fé católica e pela construção de uma igreja militante”, disse o deputado. Goiano de Orizona, Dom Antônio atuou intensamente nas causas sociais e foi um dos primeiros dirigentes da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG).

“Sempre trabalhou em função dos mais pobres e excluídos, deixando o engajamento político e social como exemplo para os cristãos. Seu lema, ‘para que todos sejam um’, sustentou a promoção da união com a comunidade que marcou seu apostolado”, completou.

Francisco afirma que a unidade pregada por Dom Antônio precisa ser perseguida pela sociedade, fazendo com que comunidade busque o diálogo e a conciliação. “É o momento de olhar pelas necessidades de quem mais precisa e lutar por uma sociedade mais justa, transparente, humanizada, para que todos sejam um”, arrematou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.