Dois meses após tragédia, vítima de acidente no Mutirama passa por nova cirurgia

Iraci Francisca, de 56 anos, segue internada desde o dia em que o brinquedo Twister entrou em pane, deixando 13 feridos

Internada no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), Iraci Francisca da Conceição, de 56 anos, passou por uma nova cirurgia nesta terça-feira (26/9). A paciente foi vítima do acidente no Mutirama há exatamente dois meses.

Iraci é a única vítima  que segue no hospital após a tragédia e passou por procedimento de enxerto de pele na perna esquerda.

Na última sexta-feira (22), o Jornal Opção conversou com o filho da vítima, que afirmou que, segundo os médicos, após o enxerto, a alta está próxima.

Durante a entrevista, Carlos José de Araújo afirmou que ainda não entrou com pedido de indenização e, por isso, o caso ainda não está sendo analisado pela Justiça. “A preocupação agora é com a saúde da minha mãe. Estamos sem cabeça para isso”, justificou Carlos.

Segundo ele, porém, há esperança que alguém seja responsabilizado, ainda que “dinheiro nenhum pague” o que a família está passando. “Não foi uma fatalidade. Foram vários erros de pessoas ligadas ao parque. Quero justiça”, falou.

Veja o boletim médico da paciente:

Hoje, 26 de setembro, paciente passou por procedimento de enxerto dermo epidérmica (de pele) na perna esquerda com a equipe de Microcirurgia. Intervenção ocorreu das 11h15 às 13 horas. Interna passa bem, permanece em observação em um leito de Enfermaria do Hugo, orientada, consciente e respirando de forma espontânea. Logo na data de sua admissão (26 de julho), Iraci Francisca passou por duas cirurgias na perna direita – uma para correção da fratura de fêmur e outra para reconstrução muscular. Posteriormente, foi submetida a procedimento cirúrgico para reparo de fratura no tornozelo esquerdo. Apesar de estável, seu ferimento ainda é extenso e exige uso de antibióticos e futuras cirurgias.

Assessoria do Hugo

Relembre o caso 

No dia 26 de julho, um grave acidente no parque Mutirama deixou 13 pessoas feridas. A atração chamada “Twister” sofreu uma pane, jogando as pessoas ao chão. Vídeos postados nas redes sociais mostram o desespero de quem estava no local após o ocorrido.

Responsável pelo Mutirama, o diretor Frank Fraga classificou o ocorrido como uma “tragédia” e garantiu que a manutenção é feita periodicamente.

Desde então, o parque está interditado e é alvo de investigações quanto a manutenção dos brinquedos e quanto a desvios de verba das bilheterias.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.