DJ é morto a tiros em tentativa de assalto em Goiânia

Elpidio Quirino, 39, foi alvejado na frente de sua filha de 16 anos. Grupo de assaltantes e o autor dos disparos fugiram no carro da vítima

DJ Quirino foi morto na frente de sua filha de 16 anos | Foto: Reprodução / Facebook

DJ Quirino foi morto na frente de sua filha de 16 anos | Foto: Reprodução / Facebook

Elpidio Quirino dos Santos Filho, mais conhecido em seu meio profissional das baladas de Goiânia como DJ Quirino, morreu na noite da última sexta-feira (25/11) após ser alvo de três tiros durante uma tentativa de assalto. O crime aconteceu por volta das 20h30, na porta da casa da mãe da vítima, na Vila Boa Sorte, em Goiânia.

O DJ e a filha, de 16 anos, chegavam ao local quando foram abordados por um grupo que estavam em um Fiat Uno vermelho. Do lado do passageiro do veículo, saltou um homem armado que deu voz de assalto.

Conforme o relato da adolescente, Quirino teria dito aos assaltantes que não tinha dinheiro. Diante disso, o assaltante, que vestia uma jaqueta com capuz, empurrou a garota e atirou várias vezes. Três disparos acertaram o DJ que morreu antes de receber qualquer socorro. Ao ver que tinha alvejado o homem, o atirador entrou no mesmo Uno vermelho e fugiu.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios, sob responsabilidade do titular Ernane Oliveira. Na segunda-feira (28/11) devem ser coletados mais depoimentos de familiares e testemunhas.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.