Disputa por liderança de bancada divide vereadores tucanos

Dra. Cristina quer CDTC, mas Geovane Antônio defende nome dela como líder do PSDB. Thiago Albernaz, atual líder, quer acumular cargos e é o maior concorrente da colega

Dra. Cristina e Thiago Albernaz disputam CDTC | Foto: Alberto Maia/Câmara de Goiânia

Dra. Cristina e Thiago Albernaz disputam CDTC | Foto: Alberto Maia/Câmara de Goiânia

Os cinco integrantes da bancada do PSDB na Câmara Municipal de Goiânia vão definir nesta quinta-feira (16/4) quem vai liderar o partido na Casa, além do representante do Poder Legislativo na Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC) e o novo presidente da Comissão da Planta de Valores Imobiliários da capital.

As últimas tratativas dão conta de que o maior impasse estaria nas ocupações da CDTC e a liderança de bancada. Dra. Cristina, que havia manifestado ao presidente da Câmara, Anselmo Pereira, a disposição para disputar qualquer uma das funções, recuou da liderança. Agora, deseja apenas a CDTC.

Thiago Albernaz, atual líder da bancada, quer acumular a representação no colegiado do transporte coletivo e a liderança do grupo. O posicionamento do vereador não agradou a colega, que chegou a afirmar ao Jornal Opção Online na semana passada que disputaria as vagas no voto, caso não houvesse consenso.

Geovani Antônio não vai disputar nenhum cargo. Contudo, ressalta que vai acompanhar de perto a discussão dos temas. Sua preferência é por Dra. Cristina na liderança de bancada  — a vereadora teria ainda o apoio do presidente e de Dr. Gian — e de Thiago Albernaz na CDTC.  “Mas sou contra o acúmulo de cargos”, alerta.

Anselmo Pereira articula o nome do vereador Dr. Gian para a presidência da Comissão da Planta de Valores, a qual comandava anteriormente.

Deixe um comentário