Dilma vai convocar governadores e prefeitos para tratar sobre microcefalia

Anúncio foi feito durante lançamento de plano nacional de combate à doença. Até hoje, mais de 1,2 mil casos foram registrados em todo o País

Presidente durante encontro em Recife (PE) | Foto: Roberto Stuckert Filho / PR

Presidente durante encontro em Recife (PE) | Foto: Roberto Stuckert Filho / PR

A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou que na próxima terça-feira (8/12) irá realizar, em Brasília, uma reunião com governadores e associação de prefeitos para dar início a uma mobilização nacional de enfrentamento À microcefalia.

“É uma questão que tem que unir todos nós, uma questão de saúde pública do Brasil”, conclamou a petista durante o lançamento do plano, em Pernambuco na manhã deste sábado (5/12).

Com o crescente número de casos da doença no País, o Ministério da Saúde declarou em novembro Situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional.

Até o último dia 28, 1.248 crianças nasceram com suspeita de microcefalia, que prejudica o desenvolvimento das crianças. A presidente anunciou, então, o Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia.

A estratégia envolve a mobilização de ministérios e órgãos do governo federal, em parceria com Estados e municípios, para conter novos casos da doença relacionados ao zika vírus.

O plano, segundo o governo federal, é dividido em três eixos de ação: mobilização e combate ao mosquito aedes aegypti (vetor de transmissão de microcefalia, dengue e febre chikungunya); atendimento às pessoas; e desenvolvimento tecnológico, educação e pesquisa. Essas medidas emergenciais serão colocadas em prática para intensificar as ações já em curso de combate ao mosquito.

“A nossa principal preocupação é que isso possa se caracterizar uma doença que tenha caráter nacional, mais de 14 Estados. Não é questão de pânico. Sabemos que isso tem que ser combatido, pois isso afeta crianças, que são o futuro do Brasil”, declarou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.