Diagnóstico/Jornal Opção: Caiado lidera com 4,9 pontos a mais que soma dos adversários

Pesquisa estimulada para governador aponta a existência de possibilidade de disputa pelo Palácio das Esmeraldas ir para o segundo turno dentro da margem de erro

Senador Ronaldo Caiado (DEM), governador José Eliton (PSDB), deputado federal Daniel Vilela (MDB) e Kátia Maria (PT) são os quatro primeiros colocados na pesquisa Diagnóstico/Jornal Opção | Fotos: Reprodução/Facebook

O senador Ronaldo Caiado (DEM) tem 40,4% das intenções de votos em cenário estimulado na pesquisa realizada pelo Diagnóstico Pesquisas de Comportamento contratada pelo Jornal Opção. O candidato a governador do Democratas aparece com 4,9 pontos percentuais de vantagem sobre os outros seis adversários, que somados chegam a 35,5% da preferência do eleitor goiano.

Como a soma dos percentuais dos sete candidatos é de 75% na pesquisa estimulada, quando o nome dos candidatos é apresentado ao eleitor, Caiado tem 53,22% dos votos válidos e há a possibilidade de vitória no primeiro turno. Mas como a margem de erro do levantamento Diagnóstico/Jornal Opção é de 3,4 pontos para mais ou para menos, o democrata varia de 49,82%, na pior possibilidade, e pode chegar a no máximo 56,62%, na melhor hipótese. Os dados apontam que ainda existe a possibilidade de a eleição ser decidida apenas no segundo turno.

No segundo lugar no levantamento estimulado aparece o governador José Eliton (PSDB), que tem 15,1% das intenções de votos. Nos votos válidos, o tucano teria 19,89% do eleitorado. O deputado federal Daniel Vilela (MDB) surge na terceira posição 12,4% da preferência dos eleitores, o que dá ao emedebista 16,33% da votação válida na pesquisa Diagnóstico/Jornal Opção.

Presidente estadual do PT, Kátia Maria vem logo atrás de Daniel com 5,7% das intenções e 7,5% dos votos válidos. O professor Weslei Garcia (Psol) tem 1,2%, Marcelo Lira (PCB) 0,6% e Alda Lúcia (PCO) 0,5%. Eleitores que pretendem votar nulo ou em branco são 13% e aqueles que não responderam ou souberam escolher 11,3%.

Pesquisa espontânea
No levantamento espontâneo, quando é perguntado apenas em quem o eleitor pretende votar para governador sem apresentar qualquer nome, Caiado lidera as intenções de votos com 29,4%, seguido de José Eliton (9,5%), Daniel (6,7%), Kátia (2,2%) e Alda Lúcia (0,2%). Os outros dois candidatos, Weslei e Marcelo, não foram citados na pesquisa espontânea Diagnóstico/Jornal Opção pelos eleitores ouvidos.

Outros cinco nomes que não são de postulantes ao governo foram citados e, somados, chegaram a 0,6% da preferência do eleitorado. 43,7% dos eleitores ouvidos pela pesquisa espontânea não souberam responder ou não quiseram dizer em quem querem votar. Votos brancos e nulos somam 7,7% entre os pesquisados.

Rejeição
Ao serem questionados em quais candidatos os eleitores não votariam de forma alguma, José Eliton é o mais rejeitado, com 19,5%. Caiado tem a segunda maior rejeição, que chega a 14,4%, com Daniel no terceiro lugar (12,5%) e Kátia com a quarta colocação entre os concorrente mais rejeitados (10,9%). Alda Lúcia tem 5,1% de rejeição, Marcelo Lira 4,9% e Weslei Garcia 4,6%. 37% dos eleitores não rejeitam nenhum dos nomes e 18,4% não souberam responder.

A pesquisa Diagnóstico foi contratada pelo Jornal Opção e foi a campo de 20 a 25 de setembro de 2018, com data definida de divulgação em 27 de setembro de 2018. O instituto ouviu 862 eleitores em 61 municípios goianos. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo de número GO-08373/2018 e tem margem de erro de 3,4 pontos percentuais para mais ou para menos, com índice de confiança de 95%.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.