Devagar, manifestação em Goiânia reúne poucas pessoas na Praça Tamandaré

Seguindo a tendência de outras cidades, o protesto da capital goiana, marcado para às 14 horas, deve seguir na concentração até às 16 

A manifestação contra o governo federal  em Goiânia ainda está devagar. Concentrados na Praça Tamandaré, no Setor Oeste, o grupo reúne, até o momento, cerca de 5 mil pessoas, segundo estimativas de organizadores. No entanto, a PM estima que haja 1 mil.

Vestidos de verde e amarelo, manifestantes gritam palavras de ordem, pedindo o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e a saída do PT do poder. Cartazes em favor do juiz da Lava Jato, Sérgio Moro, e da Polícia Federal também são vistos.

Nos trios elétricos, representantes do Movimento Brasil Livre discursam contra a corrupção e pediram salvas de palmas para a Polícia Militar. O comboio deve sair em caminhada por volta de 16 horas, quando acredita-se que haverá maior número de pessoas.

Chamou atenção um dos manifestantes que exibia um cartaz criticando o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO). Um dos discursantes criticou o conteúdo, afirmando que o goiano “faz política para o Brasil”. Os manifestantes também rezaram o Pai Nosso.

Além de Goiânia, São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre também tiveram protestos. Ao todo, 15 Estados e o DF têm manifestações marcadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.